domingo, 12 de junho de 2016

Utilizando e configurando o desktop LXDE no Slackware

No tutorial anterior vimos como instalar facilmente o desktop LXDE no Slackware, agora neste outro tutorial veremos como utilizar e configurar o desktop LXDE.

O LXDE é um desktop bem leve formado principalmente pelo gerenciador de janelas Openbox e pelo Pcmanfm, com barra de menu de programa tradicional, permite criar atalhos na Área de trabalho, tem Lixeira, reconhece automaticamente pendrive, CDs, DVDs quando inserido perguntado se você deseja abrir o mesmo com o gerenciador de arquivos, player de música ou gravador dependendo do conteúdo da mídia, acessa facilmente compartilhamentos Windows na rede pelo pcmanfm.
Você também pode mudar a aparência do desktop instalando qualquer tema feito gtk2 no LXDE, mesmo que eles seja feito para Gnome ou Xfce.

Neste tutorial vamos conhecer o funcionamento do desktop LXDE e aprender a configurar o mesmo no Slackware. 




Conhecendo os principais programas nativos do desktop LXDE 

Estes programas nativos do LXDE funcionam de forma independente ou seja pode ser executados separadamente.

lxde-logout = menu suspenso de saída para escolher desligar, reiniciar, trocar de usuário, suspender, hibernar, cancelar.

lxlock = trava a tela. 

lxappearance = para escolher tema, ícones, fontes e outras coisas da aparência visual do desktop .
O item no menu de programas, Personalizar visual executa o lxappearance para troca de temas no menu Preferencias. 

lxtask = gerenciador de tarefas gráfico.

lxsession-logout = menu suspenso para escolher desligar, reiniciar, suspender, hibernar, trocar de usuário e sair. 

lxpanel = é a barra de programas principal, somente pode haver uma em execução. (contém o menu, system tray, relógio).

lxsession-edit = executa o item do menu Configurações da Sessão do Desktop, podendo marcar e desmarcar algumas aplicações que são iniciadas automaticamente. 

lxrandr = janela gráfica Configurações do monitor. Permite apenas escolher a resolução desejada e a taxa de hz, é um gui gráfica para o xrandr. 

lxpanelctl = responsável pelo menu de programa, caixa executar e preferências do painel.


Adicionando itens ao painel do LXDE 

Para adicionar um item ao painel do LXDE, você deve ter o atalho do mesmo no seu menu de programas, ou seja, deverá existir um arquivo de extensão .desktop desta aplicação desejada em 
/usr/share/applications/ como exemplo firefox.desktop. 

Clique sobre a barra de tarefas com o botão direito do mouse e escolha "Adicionar/Remover itens do painel, na guia Miniaplicativos do painel,  selecione "Barra de lançamento de aplicativos" e clique em Adicionar, agora na janela “Adicionar Plug-in ao painel”, selecione novamente "Barra de lançamento de aplicativos" e clique em Adicionar, onde surgira um botão de + ao lado do relógio, depois clique em Fechar.
Clique no botão de mais (+) onde surgira a janela “Barra de lançamento de aplicativos”, navegue pelo grupo desejado, no caso Internet, selecione Firefox e clique em Adicionar, depois em Fechar.

Mudando a posição do item adicionado ao painel

Todo item adicionado ao painel por padrão sempre aparecerá no lado direito da tela antes do relógio.


Para mudar a posição do mesmo, clique no painel usando o botão direito do mouse e escolha a opção "Configurações do painel", clique na aba "Miniaplicativos do Painel", role até o final da mesma e selecione o último item adicionado e clique nos botões Acima e Abaixo para mover para a posição desejada, após concluído clique em Fechar.

Notas:
Programas adicionados ao painel não será listado diretamente os nomes dos mesmos sendo sempre Barra de lançamento de aplicativos para todos os programas que você adicionar ao painel, já os plugin adicionado são listados os nomes dos mesmos.


Cada programa adicionado ao painel representado pelo item "Barra de lançamento de aplicativos" está na mesma ordem em que se encontra a visualização no painel, por exemplo você tem somente os botões Abiword, Firefox, Thunderbird, Leafpad, Calculadora, Pcmanfm e Terminal ao lado do botão menu, então esta é ordem dos botões também em "Miniaplicativos do Painel", lembrando que os plugins adicionado leva o nome do plugin.



Iniciando programas automaticamente junto com o LXDE 

Para iniciar programas junto com o LXDE do seu usuário existem duas maneiras:

Maneira 1:

Criar um arquivo .desktop básico em ~/.config/autostart onde todos os arquivos que tiver neste diretório serão executados automaticamente ao entrar no LXDE.

Abaixo um exemplo do arquivo parcellite.desktop bem básico para ser executado automaticamente na inicialização do LXDE ou de qualquer outro desktop podendo ter o mesmo somente as linhas abaixo.


$ cat parcellite.desktop 
[Desktop Entry] 
Type=Application 
Exec=parcellite 

Notas: 
Você também pode criar  um link de um arquivo .desktop que tiver em /usr/share/applications/ para que o mesmo seja executado automaticamente na inicialização.

O diretório ~/.config/autostart é o padrão para iniciar automaticamente uma aplicação em vários ambientes gráficos como Kde/Gnome/Xfce e outros que utilizam arquivos .desktop para formar o menu de programa, todos arquivos que tiver neste diretório serão executados nos outros desktops citado caso você tenha eles instalados ao entrar nos mesmos, salvo se foi incluída uma opção no arquivo .desktop para não executar em outros desktops diferente do LXDE.


Maneira 2:

Clique em Menu/Preferências/“Aplicações pré-definidas de LxSession”  na guia Arranque automático, ao lado do Botão Adicionar digite:  parcellite e clique neste mesmo botão. 

Todo item adicionado para iniciar junto com o LXDE será colocado no final do arquivo ~/.config/lxsession/LXDE/autostart sendo este caminho do arquivo exclusivo do LXDE.

[nando@mesa ~/.config/lxsession/LXDE]$ cat autostart 
@lxpanel --profile LXDE 
@pcmanfm --desktop --profile LXDE 
@xscreensaver -no-splash 
compton -cCfF 
numlockx on
parcellite


Ativando as teclas de volume no LXDE 

No LXDE, por padrão, ele vem com as teclas mudo, aumentar e diminuir volume desativadas. 

Para ativá-las, basta adicionar as seguintes linhas ao arquivo ~/.config/openbox/lxde-rc.xml, no final da seção <keyboard>, logo acima de onde está escrito </keyboard>: 

  <keybind key="XF86AudioMute"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master toggle</command> 
    </action> 
  </keybind> 
  <keybind key="XF86AudioRaiseVolume"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master 5%+</command> 
    </action> 
  </keybind> 
  <keybind key="XF86AudioLowerVolume"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master 5%-</command> 
    </action> 
  </keybind> 

Agora é só reiniciar a sessão e começar a usar os atalhos de volume do teclado. 
Para não precisar reiniciar a sessão, basta executar numa janela de terminal o comando abaixo:
$ openbox --reconfigure 


Teclas de atalho padrão do LXDE 

ALT + F2       = caixa executar (também usa WIN+R) 
CTRL + ESC = menu de programas use setas direcionais para navegar e tecle Enter no desejado
ALT + F4       = fecha a janela ativa
ALT+ BARRA DE ESPAÇO = menu de contexto da janela 
ALT + ESC = minimiza a janela atual ativa 
CTRL+ALT+DEL = gerenciador de tarefas (lxtask) 
CTRL +ALT+D = mostrar o desktop (também usa WIN+D) 
ALT + TAB = alterna entre janelas

ALT + F11 = coloca a janela atual em tela cheia, removendo a barra de título, para voltar ao normal, pressione novamente, voltando ao tamanho anterior com a barra de título.

WIN + F1 = vai pra área de trabalho 1 
WIN + F2 = vai pra área de trabalho 2
WIN + R =  caixa executar 
WIN + E =  gerenciador de arquivos pcmanfm 
WIN + D = Mostrar o desktop 


Criando teclas de atalhos pelo LXDE 

Primeiro devemos saber como são os nomes de algumas teclas especiais a ser representada na configuração das teclas no LXDE.

Tecla Especial = Representação (deve ser escrita exatamente como mostrado abaixo)

Shift = S 
Alt =
Control =
Windows = W  (tecla do logotipo Windows) 
Esc = Escape 
Del = Delete 
Barra de espaço = space 

As teclas de função como F1, F2... deve ser escrita sempre em maiúscula.
As teclas de letras devem ser escrita sempre em minúscula (Quando combinadas com as teclas Especiais). 

As outras teclas abaixo deve ser escrita na forma exata como elas estão. 
Up, Right, Down, Left, Tab, Print, 

Para criar teclas de atalhos para comandos externos e ações internas do LXDE devemos criar dentro da sessão keyboard do arquivo  ~/.config/openbox/lxde-rc.xml 

Toda sessão como mouse, keyboard, applications, etc... do arquivo começa com <nome> e termina com </nome>. 
Exemplo para a sessão do keyboard é <keyboard> e </keyboard> respectivamente inicio e final da sessão. 

Comece sempre  criado o seu atalho de teclado para uma aplicação nova adicionando o atalho antes da linha do final da sessão </keyboard> .

Vamos a 2 exemplos de atalho:

Criar teclas de atalho para o xterm, cujas teclas será ctrl+t 

Regra do atalho de teclado 

Todo atalho de teclado deve ficar entre duas sessões de </keybind> conforme exemplo abaixo: 

 </keybind> 
    <keybind key="C-t"> 
      <action name="Execute"> 
        <command>xterm</command> 
      </action> 
 </keybind> 


Neste outro exemplo, criamos a tecla de atalho de teclado para o gmplayer, cujo atalho será F4. 

Antes do final da sessão </keyboard> adicione as linhas abaixo: 

</keybind> 
<keybind key="F4"> 
      <action name="Execute"> 
        <command>gmplayer</command> 
      </action> 
 </keybind> 

Após salvar o arquivo em uma janela de terminal para entrar em efeito as alterações feitas sem precisar reiniciar a sua sessão do LXDE, em uma janela de terminal execute o comando abaixo:
$  openbox –reconfigure 

Agora basta teclar F4 para ser executado o gmplayer. 


Agora mostrarei como ficou a parte das teclas de volume configurada anteriormente e os atalho de teclado para o xterm e o gmplayer configurados, para entender as disposições do código de configuração, antes do final da sessão </keyboard> .

 </keybind> 
<keybind key="XF86AudioMute"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master toggle</command> 
    </action> 
  </keybind> 
  <keybind key="XF86AudioRaiseVolume"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master 5%+</command> 
    </action> 
  </keybind> 
  <keybind key="XF86AudioLowerVolume"> 
    <action name="Execute"> 
      <command>amixer sset Master 5%-</command> 
    </action> 
</keybind> 
    <keybind key="C-t"> 
      <action name="Execute"> 
        <command>xterm</command> 
      </action> 
 </keybind> 
<keybind key="F4"> 
      <action name="Execute"> 
        <command>gmplayer</command> 
      </action> 
 </keybind> 
  </keyboard>  (Final da sessão de configuração do teclado)
  <mouse>        (Aqui começa a sessão do mouse)

Siga rigorosamente a estrutura do código de configuração, linha a mais ou menos não funcionará o atalho criado, podendo invalidar os atalhos a acima ou abaixo de outros itens.


Criar atalhos de aplicações na Área de trabalho


Para criar atalhos de aplicações na Área de trabalho o mesmo pode ser feito de 3 maneiras diferentes. 


Método 1, o mais prático 

Abrir o menu de programas, clique sob o programa desejado e com o botão direito do mouse escolha a opção “Adicionar a Área de trabalho” (o ícone do atalho terá uma setinha pequena como no Windows XP). 


Método 2, copia de arquivo 

Basta copiar o arquivo de extensão .desktop de /usr/share/applications para ~/Área de trabalho.
Exemplo: 

[nando@darkstar /usr/share/applications]$  cp galculator.desktop ~/Área\ de\ trabalho/ 
“galculator.desktop” -> “/home/nando/Área de trabalho/galculator.desktop” 

Método 3 - Criar manualmente o arquivo .desktop 

Este método você deverá fazer caso o programa não foi instalado pelas ferramentas de pacote padrão do Slackware, como pacotes obtidos de outras fontes e formatos diferentes sejam binários ou compilados cujo os mesmos não vem com um arquivo .desktop para criar o atalho no menu de programa, ou scripts feito por você.

Exemplo: 

Crie o arquivo firefox.desktop com o conteúdo básico abaixo não sendo necessário colocar permissão x para o atalho no LXDE.

[Desktop Entry] 
Version=1.0 
Name=Firefox
Comment=Navegador web 
Exec=firefox 
Icon=firefox
Terminal=false 
Type=Application 


Notas: 
O LXDE não tem opção para criar um lançador. 
Se o ícone não tiver nos diretórios padrão a partir de /usr/share/icons especifique o caminho completo do mesmo na linha do Icon.
Não crie o atalho pelo desktop LXDE ou através do pcmanfm, com o botão direito do mouse no desktop ou no pcmanfm usando a opção Criar novo/Ficheiro vazio, pois a extensão .desktop neste caso aparecerá na sua Área de trabalho. 
Crie o arquivo programa.desktop usando diretamente um editor de texto ASCII de sua preferência e salve o arquivo na pasta da Área de trabalho, com isto não aparecerá a extensão .desktop quando você tiver exibido a Área de trabalho. 


Editando o seu menu de programas no LXDE pelo pcmanfm

Você pode editar o seu menu de programas facilmente pelo LXDE, excluídos ou criado outros itens sem precisar usar o sudo ou gksu pois tudo que for excluindo ou modificado será somente no seu usuário ativo, não afeta os atalhos padrão do sistema (somente pelo pcmanfm).

Execute o pcmanfm, em Locais escolha Aplicativos, clique no grupo de programa desejado que você que colocar um atalho no menu de programa, neste exemplo colocaremos o atalho Firefox no grupo Internet, bastando clicar com o botão direito do mouse em uma área vazia do grupo Internet e escolhar a opção Criar Novo(a)/Ficheiro vazio e digite somente Firefox, onde será criado o ficheiro Firefox.desktop.  Agora clique com o botão direito do mouse sobre o nome do arquivo Firefox.desktop e escolha Propriedades no menu suspenso. 

Na guia Geral, em Nome: apague a extensão .desktop (se não apagar não aparecerá o nome Firefox no menu de programa).
Agora clique no ícone genérico para escolher um ícone desejado para o Firefox, podendo ser ícones do sistema ou arquivo de imagem (navegando pelo sistema até selecionar o desejado). 

Guia Entrada da área de trabalho 
Comando: firefox (ou navegue até localizar o executável) 
Diretório de trabalho: (se o executável está no path pode deixar em branco) 
Descrição: (opcional) 
Ajuda:  (opcional) 

Clique em Ok. Pronto, atalho foi inserido no menu Internet da sua barra de programas. 


Notas:
Não é possível criar um item de programa, se já existir um arquivo de mesmo nome, mesmo que ele esteja em outro grupo de programa diferente, por Exemplo no grupo Internet tem o item Chrome e se eu tentar criar o item Chrome no grupo Acessórios será retornado uma janela de aviso com o título Erro e com o dizer "Não foi possível criar o item de menu Acessórios/Chrome"

Mesmo apagando a extensão .desktop do arquivo Firefox pelo pcmanfm, embora que não apareça mais no pcmanfm, no diretório em uma janela de terminal o arquivo continua com a extensão .desktop ou seja Firefox.desktop no exemplo utilizado. 

Conteúdo do atalho Firefox criado no menu Internet 

[nando@mesa ~/.local/share/applications]$ cat Firefox.desktop 
[Desktop Entry] 
Name= 
Exec=firefox 
Type=Application 
Name[pt_BR]=Firefox 
Icon=/home/nando/diversos/firefox-36.png 


Exclusão ou ocultação do atalho do menu de programa do seu usuário pelo pcmanfm


Se você excluir o atalho pelo pcmanfm, em Locais/Aplicativos o mesmo não é excluído de verdade, apenas será ocultada a visão do mesmo deste atalho no grupo de programas a que ele pertence no seu login, sendo criado o arquivo .desktop caso o mesmo ainda não exista em ~/.local/share/applications, onde é colocada a opção NoDisplay=true no final dele que instruir o pcmanfm não exibir o atalho no menu de programas (valido também para a opção ocultar). 

Para excluir o atalho definitivamente deverá ser feito por uma janela de terminal acessado o diretório  ~/.local/share/applications usando o comando rm. Para voltar a exibir um item do menu que foi ocultado também deve ser feito via janela de terminal, basta editar o arquivo de extensão .desktop e remover a linha NoDisplay=true ou troque o valor para false que imediatamente aparecerá no seu menu de programas o atalho (não funciona a editação do item a partir do pcmanfm os arquivos .desktop que tiver neste caminho). 

Notas: 
Em ambos caso não é preciso reiniciar o LXDE ou usar o comando openbox --reconfigure 
A criação de grupos de programas no pcmanfm em Locais/Aplicativos não funciona ao escolher Criar novo(a)/Pasta. 


Se você tiver ocultado um item de programa do seu menu pelo pcmanfm, como exemplo o Firefox do grupo Internet, e depois de alguns dias você não se lembra que ocultou o mesmo ao tentar criar um atalho no Grupo Internet com o mesmo nome de atalho você receberá uma mensagem dizendo: Não foi possível criar o item de menu Internet/Firefox.desktop

Solução: 
Acesse o diretório ~/.local/share/applications por uma janela de terminal e remova a linha NoDisplay=true ou troque o valor true para false que o atalho Firefox aparecerá no seu menu de programas. 

[nando@mesa ~/.local/share/applications]$ cat Firefox.desktop 
[Desktop Entry] 
Name=Firefox   (1) 
Exec=firefox 
Type=Application 
Name[pt_BR]=Firefox 
Icon=/usr/share/icons/firefox36.png 
NoDisplay=false 

(1) Se você não tiver especificado um nome para o item no menu, na linha Name= você não conseguirá adicionar um atalho no painel clicando no botão + para este item, pois ao acessar o grupo Internet não aparecer um atalho para o Firefox mesmo que seja um atalho em branco e nem aparece o ícone declarado. Se a sessão Name= tiver em branco, somente aparecerá o atalho no menu de programa acessando diretamente o mesmo a partir do menu ou através de Aplicativos do pcmanfm.

Observação:
Você também pode editar facilmente o menu de programas usando o Menulibre ou Lxmed.


Ativando o numlock automaticamente ao entrar no LXDE 

Abra o menu, e acesse Preferências/Aplicações pré-definidas de LxSession na guia Arranque automático, ao lado do Botão Adicionar digite numlockx on e clique neste botão. 

Os passos feito acima, ficará gravado no arquivo  ~/.config/lxsession/LXDE/autostart 

[nando@mesa ~/.config/lxsession/LXDE]$ cat autostart 
@lxpanel --profile LXDE 
@pcmanfm --desktop --profile LXDE 
@xscreensaver -no-splash 
compton -cCfF 
numlockx on 

Notas: 
O pacote numlockx deve está instalado. 
Não é preciso ter a permissão x no arquivo /etc/rc.d/rc.numlock não precisando ser carregado na inicialização do sistema. 


Alterar a fonte e tamanho da mesma no menu de programa LXDE 
  
Acesse menu Preferências/Personalizar visual na guia Wiget escolha Fonte padrão e ao lado tela tem o tamanho da mesma. 

Alterar o tamanho da fonte do painel

Clique com o botão direito sobre o painel em uma parte vazia sem botões e escolha a opção Configurações do painel depois na guia Aparência escolha o tamanho da fonte e a cor da mesma caso desejar, sendo que não tem opção para escolher o tipo de fonte. 


Adicionando segundos ao relógio digital do painel 

Em formato do relógio deixe desta forma: %R %S 

Pronto, é na hora não precisa atualizar o LXDE. 

Código pra configurar o relógio como formato da hora, data, dia, ano do painel do LXDE. 

    % a - O dia da semana abreviado (Dom) 
    % A - O nome completo dia da semana (domingo) 
    % b - O nome abreviado do mês (Jan) 
    % B - nome do mês (janeiro) 
    % D - dia do mês (01..31) 
    % E - dia do mês (1..31) 
    % H - hora do dia, relógio de 24 horas (00..23) 
    % I - horas do dia, relógio de 12 horas (01..12) 
    % L - hora do dia () 
    % J - dia do ano (001..366) 
    % m - mês do ano (01..12) 
    % M - Minuto da hora (00..59) 
    % P - Indicador de Meridian (AM ou PM) 
    % S - Segundo do minuto (00..60) 
    % W - dia da semana (domingo é 0, 0..6) 
    % y - ano sem o século (00..99) 
    % Y - ano com o século 
    % Z - Nome da zona 
    %x – formato de data dd/mm/aaaa  Exemplo: 20/06/2016
    %% - Personagem Literal% 


Alternando entre as Áreas de trabalho 

O LXDE vem como padrão com duas Área de trabalho virtual (workspaces) também conhecido como espaços de trabalho configuradas. 

Alternado pelo mouse 

Girando a rodinha do mouse (scroll) numa parte vazia da área de trabalho, você troca de espaço de trabalho virtual, podendo mover a mesma tanto para frente ou para atrás alterna para a área de trabalho inversa da atual, ou seja, você está na 1 alterna para 2, se tiver na 2 alterna para 1, não importa para onde você deslize para frente ou para trás a rodinha scroll. 

Alternando pelo teclado 

WIN + F1 = vai pra área de trabalho 1 
WIN + F2 = vai pra área de trabalho 2 


Pelo teclado você pode alternar facilmente entre as áreas de trabalho sem precisar a mesma está sendo exibida na sua tela, ou seja, tendo um programa maximizado na Área de trabalho atual. 


Adicionado e exibindo todas as suas áreas de trabalho 

Clique com a rodinha scroll na sua Área de trabalho atual. 

Para adicionar mais uma Área de trabalho virtual, clique com a rodinha scroll na Área de trabalho atual, e escolha a opção “Adicionar nova área de trabalho”, sendo que as teclas de atalho WIN + F3 e WIN + F4 serão automaticamente utilizadas respectivamente para a terceira e quarta área de trabalho adicionada. 
Para ver o que está sendo executado em todas as áreas de trabalho configuradas e acessar um programa rapidamente da mesma, clique com rodinha na Área de trabalho atual, e clique no programa desejado que você deseja acessar, que você alterna para a área de trabalho daquele programa com o programa já na sua tela. 


Notas: 
Se você não utiliza mais que uma Área de trabalho, querendo você pode remover o plugin "Paginador da área de trabalho" do painel para ganha mais espaço no mesmo. 

Caso você queira voltar atrás é só adicionar o mesmo ao painel, clicando com o botão direito do mouse em uma parte vazia do painel e escolher a opção “Adicionar/Remover itens do painel”. 
Mesmo removendo o plugin do painel você pode alternar entre as áreas de trabalho pelo mouse ou teclado. 


Você pode também mover um programa que está em uma determinada área de trabalho  para qualquer outra área de trabalho, clicando sobre o ícone do programa no painel com o botão direito do mouse e escolhendo a opção "Mover para espaço de trabalho", depois escolha qual espaço de trabalho você deseja mover, ou escolha "Todos os espaços de trabalho".

Ao encerrar o LXDE, você volta automaticamente com duas áreas de trabalho padrão, caso tinha adicionado mais na sessão anterior.






Procedimentos realizando no Salix 14.1 usando a versão 1.2.3 do Pcmanfm e LXDE lxpanel 0.8.0 

Um comentário: